As principais vacinas do bebê

Vacinas do bebê

É muito importante vacinar seu bebê conforme o calendário de vacinas do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Essa é a melhor forma de manter a saúde dele livre de doenças graves.

Mamãe de primeira viagem, não se preocupe: seu pediatra irá lhe orientar sobre o calendário de vacinas para você não perder nenhuma.

Está curiosa? A gente adianta aqui todas as vacinas que precisam ser dadas até seu bebê completar um ano de idade:

Ao nascer

A vacina de Hepatite B deve ser dada nas primeiras 12 horas de vida do bebê, logo na maternidade. Alguns pediatras liberam a aplicação para logo depois da alta. É uma vacina gratuita, aplicada na lateral da coxa.

1 mês

A vacina BCG é de dose única, dada quando o bebê tem um mês. Ela é aplicada no bracinho direito e protege contra tuberculose em seus mais variados tipos. É uma vacina gratuita, dada em maternidades públicas e postos de saúde.

2 meses

Com dois meses de vida, seu bebê já está mais fortinho e pode tomar mais vacinas. Entre elas:

– Pentavalente brasileira (DTP + Hib + hepatite B). Essa vacina protege contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e pneumonia. Essa também é a segunda dose da Hepatite B.

– Primeira dose da Pólio inativada, que previne a poliomielite (paralisia infantil). Na rede pública, ela é injetável. Já na rede particular, ela é oral.

– Primeira dose da Rotavírus (monovalente). O rotavírus pode ser perigoso para o bebê, pois ele causa vômito e diarreias. Ela é dada de graça nos postos de saúde em forma de gotinhas.

– Primeira dose da Pneumocócica conjugada, que evita pneumonia, meningites e doenças causadas pela bactéria pneumococo. É uma vacina gratuita e injetável.

3 meses

Com 3 meses, é hora de tomar a primeira dose da Meningococo. Na rede pública, ela se chama Meningococo C conjugada e age contra meningite e doenças causadas pela bactéria Meningococo C. Na particular, ela se chama Meningococo B, que protege ainda contra meningite grave (bactéria meningococo tipo B).

4 meses

Com 4 meses, você precisará dar em seu bebê as segundas doses das vacinas dadas aos 2 meses de idade. São elas: Pentavalente (DTP + Hib + hepatite B), Pólio inativada, Rotavírus e Pneumocócica.

5 meses

É hora de dar a segunda dose da Meningococo C ou B, conforme das primeiras doses dadas com 3 meses de idade.

6 meses

Com seis meses, seu filho já pode tomar a terceira dose das vacinas aplicadas aos 2 e 4 meses. E é preciso dar ainda a terceira dose da hepatite B.

7 meses

Se seu bebê tomou a Meningococo B (dada na rede particular), ele precisará tomar a terceira dose dela com 7 meses. Se ele tomou a Meningococo C conjugada (rede pública), não precisará tomar a terceira dose dela.

9 meses

Com 9 meses, a única vacina a ser tomada é a de Febre amarela. Informe-se com seu pediatra se em sua cidade é essa vacina é recomendada.

1 ano

Com um aninho, você pode dar:

  • A dose de reforço da Pneumocócica conjugada. Como ela pode ser dada até os 4 anos de idade, muitos pediatras preferem essa vacina.
  • A Primeira dose da Tríplice viral (SRC, ou MMR) também é dada com essa idade. Ela protege contra rubéola, sarampo e caxumba.
  • É hora também de dar a dose de reforço da Meningococo C conjugada.
  • A primeira dose da Varicela (contra catapora) também é dada nessa fase.
  • A rede particular oferece ainda doses contra Hepatite A, Meningococo B e meningocócica conjugada ACWY.