Como escolher a maternidade: 9 dicas para a escolha da maternidade ideal na pandemia

Como escolher a maternidade ideal

Após meses do início de período de isolamento social, as mulheres que estão gestantes neste momento delicado têm que lidar com diversas questões. E uma delas envolve a escolha da maternidade ideal na pandemia. Mas como é possível fazer a escolha mais acertada sem correr riscos? Neste artigo daremos algumas dicas bem eficazes. Confira!

Em uma matéria de junho do G1, a coordenadora do centro cirúrgico e da Central de material e esterilização do Hospital Clim, Evânia Figueiredo, falou sobre fatores a serem considerados nesta escolha tão importante para as futuras mamães.

Ela ressalta, por exemplo, que a mãe deve considerar se a maternidade que gostou segue todas as recomendações do Ministério da Saúde. Isso inclui que todos os profissionais devem receber seus pacientes com todas as EPIs necessárias. Além disso, o uso de máscara tem de ser obrigatório e haver um distanciamento mínimo social em todos os ambientes do hospital. Seus colaboradores devem ter sido todos testados para a Covid-19.

Dicas para a escolha da maternidade ideal na pandemia

A profissional lista nove dicas essenciais que podem ajudar ainda mais as mamães a escolherem a maternidade ideal na pandemia. São elas:

1 – Localização

verifique se a maternidade que escolheu é acessível, ou seja, que não tenha dificuldades para chegar até lá;

2 – Plano de saúde

é importante saber se o seu convênio médico cobre todos os custos do parto. Para as gestantes que não têm e queira pagar pelo serviço, neste momento é recomendável rever o orçamento e estipular até quanto você e seu parceiro podem pagar;

3 – Visita ao local

apesar da pandemia, alguns locais permitem visitas com todas as medidas protetivas. Escolha um dia em que o movimento seja menor e visite a maternidade. Neste momento perceba tudo ao redor, como equipamentos, hotelaria, equipe técnica e como elas lidam com as mães;

4 – Plantão 24h

é de extrema importância o local contar com uma equipe de plantonistas para atender emergências. Mesmo que no caso de cesárea, por exemplo, já tenha sido marcada, imprevistos podem ocorrer. E é nesta hora que um bom plantão 24h pode dar o apoio necessário até a chegada de sua obstetra;

5 – UTI adulta e neonatal

escolha uma maternidade que tenha um suporte de UTI adulta e neonatal. Por que é importante? Imagine que algumas gestações tendem a ser mais complicadas na hora do parto e pode ser preciso um apoio mais intensivo. Todos estes cuidados podem evitar maiores problemas em relação à sua saúde e a de seu bebê. Este local deve ter aparelhagem de ponta, além de laboratório próprio para realização de ultrassonografia e contar com banco de leite;

6 – Opiniões

ouça relatos de pessoas que já vivenciaram esta experiência na maternidade, como parentes e amigas. Mas jamais descarte a opinião de seu próprio médico. Com certeza ele saberá quais maternidades oferecem a melhor infraestrutura e ainda mais em meio a uma pandemia.

7 – Doula

verifique se a maternidade escolhida autoriza o acompanhamento de uma doula antes e na hora do parto.

8 – Maternidade acreditada

para quem não sabe o que é acreditação, é uma certificação de qualidade dos serviços prestados por um ambiente hospitalar, validado por empresas que avaliam todas as suas instalações. Isso envolve também o trabalho da equipe e qualidade no atendimento. Portanto, não deixe este item passar batido jamais!

9 – Escolha do tipo de parto

aqui você precisa saber se quer optar por um parto mais humanizado ou pela cesárea. No primeiro caso não são todas as maternidades que oferecem este serviço. Fique atenta e verifique qual instituição pode atender melhor você num dia tão especial e marcante para o resto da sua vida.

Com todas estas dicas agora ficou bem mais fácil escolher a maternidade ideal durante este período de distanciamento social, não é mesmo? Portanto, que você tenha uma boa hora!

Fonte: G1.globo.com

Foto: Divulgação/Grupo Neves

Atendimento Belly Home
Enviar via WhatsApp