Gravidez de risco: até qual idade é ideal para engravidar?

gravidez de risco

Nem sempre uma gravidez de risco está associada à idade, e sim ao ritmo de vida que a mulher leva, assim como suas condições de saúde

Muitas são as dúvidas e questões em volta de quando é o momento ideal para uma mulher engravidar. No artigo de hoje vamos abordar melhor este assunto.

Uma curiosidade que, talvez, nem toda mulher saiba é que todas já carregam desde o útero da mãe toda a quantidade de óvulos que são amadurecidos e liberados no decorrer da vida.

Portanto, quanto mais cedo a mulher deseja ter um filho, melhor. Isso porque a cada ano que passa, a possibilidade de engravidar diminui. Ou seja, o estoque de óvulos vai reduzindo e sua qualidade também.

Taxa de fertilidade

Geralmente, a taxa de fertilidade feminina apresenta queda a partir dos 25 anos de idade, em 20% ao mês. Já após os 40 anos, a probabilidade de engravidar fica em torno de 1% ao mês.

É preciso ressaltar que a maior parte dos estudos científicos indica que o período ideal para engravidar é entre 20 e 30 anos. Quando a mulher atinge os 35 anos, os óvulos entram em processo de envelhecimento. Por isso que é dito que fica mais difícil gerar um bebê nesta faixa etária.

Mas calma! Isso não quer dizer que uma mulher considerada mais madura não consiga engravidar naturalmente. Prova disso é que cada vez mais as mulheres deixam o sonho de se tornarem mães após os 35 anos e também depois dos 40.

Muitas desejam se realizar primeiro na profissão e garantir recursos suficientes para conseguirem curtir uma gravidez e ter tempo suficiente para estar bem perto dos filhos.

Gravidez de risco

Como já vimos acima, a idade ideal para engravidar é entre 20 e 30 anos. E após os 35 essa realidade se torna mais difícil.

É quando ocorre o período de gravidez de risco. Porém, isso vai depender do estilo de vida que a mulher leva, assim como se o atendimento médico recebido é o recomendado neste caso.

Ou seja, uma mulher que se cuida e tem um bom acompanhamento medico, tem sim grandes chances de engravidar já em idade madura. Uma recomendação para este período de vida é a ingestão de vitaminas voltadas para a fertilidade. Portanto, pesquise junto ao seu médico qual é a ideal para o seu estado de saúde.

Uma dessas vitaminas é a FamiFerti, que estimula e fortalece o útero e óvulos.

Problemas de saúde que dificultam a gravidez

Quando os estudos revelam que a idade ideal para não ter uma gravidez de risco não pode ultrapassar os 35 anos também está associada a problemas de saúde. Nesta faixa etária a mulher pode apresentar fatores que podem prejudicar sua saúde e a do bebê durante a gestação. São eles:

  • Diabetes;
  • Pressão alta;
  • Problemas cardiovasculares.

Após os 40 anos de idade fica cada vez mais difícil ter uma gestação natural sem a necessidade de tratamentos. Porém, não é impossível!

Mas novamente friso aqui que isso depende de cada mulher. Pois há mulheres que mesmo na faixa etária considerada de maior fertilidade podem apresentar algum problema de saúde. É o caso da síndrome dos ovários policísticos e endometriose.

Além disso, não é porque uma mulher possui a síndrome dos ovários policísticos que ela não possa engravidar. Ela pode sim! Basta procurar um tratamento composto por vitamina, que tem o objetivo de limpar os ovários e restauração da função ovariana e fertilidade.

Vale ressaltar também que se você deseja engravidar e já está numa idade considerada gravidez de risco é preciso procurar um médico de confiança. Após isso, você vai realizar consultas de rotina periodicamente. E em caso de constatar algum problema, quanto mais rápido iniciar o tratamento, melhor. Neste caso, o uso de polivitamínicos é essencial para aumentar ainda mais as chances de fertilidade.

Redução da fertilidade feminina

Conheça abaixo alguns fatores que geram a redução da fertilidade feminina:

Ocorre queda na reserva ovariana, de acordo com a idade;
O número de óvulos saudáveis cai;
A estrutura do revestimento do útero pode mudar, ficando mais fina, o que torna mais difícil a implantação do embrião;
Mulher acima do peso pode comprometer a fertilidade;
O muco presente na vagina e no colo do útero sofre alterações, pode se tornar menos líquido e se tornar avesso à presença dos espermatozoides.

Tratamentos para fertilidade

As mulheres que desejam engravidar e estão na faixa etária de gravidez de risco, elas podem realizar o teste de fertilidade. Esse recurso pode indicar os melhores períodos para você e seu parceiro terem relações sexuais.

Além disso, você também pode recorrer a tratamentos de fertilidade, que envolve inseminação artificial e fertilização in vitro.

No caso da inseminação artificial existe o estímulo da ovulação por meio de tratamento hormonal, e na transferência do sêmen previamente colhido e tratado em laboratório.

Por outro lado, a fertilização in vitro envolve a indução de uma produção múltipla de óvulos por meio de altas doses hormonais. Assim como na inseminação artificial, os óvulos também são colhidos. E a fertilização acontece em laboratório. Em seguida, este óvulo é introduzido na cavidade uterina.

Estes são os casos e lembrando que cada um é único. Portanto, procure um profissional de confiança e tente realizar seu sonho da maternidade!

Foto: Divulgação

Atendimento Belly Home
Enviar via WhatsApp