Como preparar o pet para a chegada do bebê

Chegada do bebê

A presença de um cachorro dentro de casa traz muitos benefícios para a família, inclusive para as crianças, alguns estudos mostraram que ter um pet em casa combate a depressão, obesidade e até mesmo algumas alergias. Não há dúvidas do quanto um animalzinho alegra o clima da casa, mas como prepará-lo para a chegada do bebê?

Porém, com a chegada do bebê na família, é comum a preocupação da reação do cachorro ou gato, que antes tinha toda a atenção voltada para si. Algumas famílias optam por proibir o contato do bichinho de estimação com o bebê por receio de transmissão de doenças e em casos extremos, optam por se desfazer do animal durante a gravidez ou logo após o parto.

Apesar das preocupações, é possível que seu amigo peludo se torne um grande amigo do seu bebê.

Adaptação para a chegada do bebê

Adaptação para a chegada do bebê

Com a chegada do bebê, chegam também as mudanças na rotina, espaço e horários da casa. Considerando que essas alterações podem gerar estresse e ansiedade no animal, o ideal é começar a adaptação já durante a gravidez, para que ele se acostume com a presença de um novo membro na família.

Enquanto o bebê ainda estiver crescendo na barriga, permita que o pet chegue perto e sinta a novidade. Deixe que ele cheire os objetos do bebê como as roupinhas, berço, brinquedos. Se desejar restringir a entrada dele no quartinho do bebê, melhor começar desde a gestação.

1 – Mantenha a vacinação em dia

Adaptação do pet para a chegada do bebê

Para evitar qualquer transmissão de doenças, mantenha a carteira de vacinação do seu animal em dia. Além disso, dê atenção especial às unhas do pet, que devem estar sempre aparadas.

2 – Acostumando com cheiros

Separe uma roupinha ou até fraldinha do bebê para seu pet cheirar. Deixe a peça em um local de relaxamento do animal como a caminha, por exemplo. Dessa maneira, ele começará a se habituar com o cheiro e se familiarizar com o novo membro da família.

3 – Inclusão nas atividades

No dia-a-dia, enquanto estiver cuidando do bebê, permita que o pet esteja por perto. Com a divisão de atenção é importante manter o animal incluído nas atividades.

4 – Recompense-o

Como o animal aprende por associação, procure sempre recompensá-lo com carinho ou petiscos quando ele se portar bem. Se o seu animal for dócil, deixe-o ficar próximo do bebê e evite dar broncas quando isso ocorrer.

Atendimento Belly Home
Enviar via WhatsApp