Quando posso dar água para o bebê e por quê?

Quando posso dar água para o bebê

A partir dos seis meses de idade, os pais já podem dar água ao bebê, pois antes ele já recebe toda hidratação necessária durante a amamentação

Geralmente, alguns pais têm dúvida quanto ao saber o momento certo de começar a dar água ao bebê. Portanto, mamãe e papai, é necessário ter em mente que nos primeiros meses de vida de uma criança ela recebe o leite materno da mãe que já é bastante rico em nutrientes e sais minerais, que hidrata seu filho. Portanto, ele não precisa tomar água, além de possuir um estômago menor.

Em dias mais quentes, o bebê pode mamar mais vezes, por exemplo. E a mãe sim deve estar bem hidratada para passar um alimento de qualidade.

Porém, há bebês que não recebem este leite materno e tomam leite de fórmulas passadas pelo pediatra. Neste caso, pode ser que o médico libere que os pais deem água à criança em pequenos goles. É importante respeitar exatamente a recomendação médica. Isso porque algumas fórmulas contêm sódio, que pode influenciar num efeito de desidratação.

Quando posso dar água para o bebê?

A partir dos seis meses de idade o bebê já pode tomar pequenos goles de água ao longo do dia. No entanto, esta água deve ser filtrada, se possível fervida e resfriada na sequência.

A quantidade de água é passada pelo médico e deve ser respeitada. Porque ela é definida conforme o peso do bebê. Normalmente, a água é oferecida à criança após as refeições e em pequenos goles. Já nos intervalos não é indicado que ele tome água, pois pode gerar uma sensação de saciedade e fazer com que o bebê perca o apetite.

Peso conforme a idade da criança

Para pré-maturo com menos de 1kg: 150 ml por cada kg de peso;
Pré-maturo com mais de 1 kg: 100 a 150 ml por cada kg de peso;
Bebês com até 10 Kg: 100 ml por cada kg de peso;
Bebês entre 11 e 20 kg: 1 litro + 50 ml por cada kg de peso;
Bebês com mais de 20 kg: 1,5 litro + 20 ml por cada kg de peso.

Além disso, a água deve ser oferecida várias vezes ao dia e pode-se levar em consideração a quantidade de água que está presente na sopa e no suco de fruta, por exemplo. Mas ele precisa ser acostumado a tomar somente água também.

Quantidade de xixi por dia

Quando os pais passam a dar água ao bebê, criando uma rotina diária, é preciso ficar atento à hidratação e aparência. Se o xixi foi claro e a criança fizer xixi pelo menos seis vezes ao longo do dia, é um indicativo de que o bebê está devidamente hidratado. No caso de chás, a ingestão é a mesma, ou seja, em pequenos goles, respeitando a ordem médica.

Além disso, os pais jamais devem oferecer outros líquidos à criança sem orientação do pediatra. Isso porque líquidos, como sucos ou refrigerantes podem ser prejudiciais à saúde do recém-nascido.

Dos 7 aos 12 meses de idade

Dos sete meses em diante a necessidade de água do bebê é em torno de 800 ml por dia, sendo que 600 ml deve ser na forma de líquidos, como leite, suco ou água.

Crianças com mais de 1 ano de idade

Nesta fase, a criança já pode tomar água sem tantas restrições. Entre 1 e 3 anos de idade, elas precisam tomar cerca de 1,3 litros de água por dia.

E em dias quentes é recomendado que os pais ofereçam mais água ao longo do dia. E a quantidade deve ser em relação ao que o bebê consegue tomar.

Contudo, é necessário estar atento para que a criança não beba tanta água minutos antes do horário das refeições. Pois ela pode se sentir saciada e perder a fome.

Maior hidratação em dias quentes

Nos dias mais quentes e secos, é preciso não deixar que o bebê fique desidratado. E se ele tiver febre, a quantidade de água deve ser maior para que a temperatura ideal do corpo da criança seja restabelecida. A ingestão de água também pode eliminar qualquer agente invasor.

Além disso, se o bebê tiver diarreia ou outro problema saúde, como vômito, é importante que ele beba mais água. Verifique o quanto ele perdeu de água em seu organismo por ter apresentado esses dois fatores. Então, ofereça a mesma quantidade de água perdida ou o soro caseiro.

Por fim, é de extrema importância também que o bebê não tome água antes de deitar. Isso pode causar uma sensação de mal-estar e prejudicar a digestão em casos em que o bebê acabou de se alimentar. Assim como nos adultos o líquido pode impedir a perfeita digestão em excesso em seguida às refeições. 

Foto: Divulgação

Atendimento Belly Home
Enviar via WhatsApp