Os primeiros 40 dias do bebê

Os Primeiros quarenta dias com o bebê

Tudo pronto para a chegada do bebê, mamãe e papai ansiosos voltam da maternidade para o começo de uma nova fase especial. Nesse momento um mistura de ternura, amor e também de alguns momentos difíceis invadem a vida dessa família que se forma. A verdade é que os primeiros dias do bebê nem sempre são fáceis, uma nova rotina se estabelece na vida dos novos papais que precisam ter muita paciência para passar pelas noites mal dormidas e inseguranças que naturalmente vão surgindo.

O puerpério – costuma acontecer entre as primeiras seis a oito semanas após o parto – é uma fase passageira e natural para todas as famílias que recebem um novo bebezinho como membro. Mais do que um momento com alguns desafios, essa é uma etapa de reconhecimento, quando alguns conceitos sobre maternidade podem ser desconstruídos e só serão possíveis de compreender vivendo essa experiência. Mesmo que você leia todos os livros, faça cursos, converse com a sua mãe, a verdade é que a maternidade precisa ser vivida para ser aprendida. Todos os dias novos desafios chegam, mas o importante é que a mulher saiba que não está sozinha e pode contar com a ajuda do pai do bebê, dos familiares, amigos ou contratar um profissional para auxiliá-la.

Converse com pessoas queridas sobre os momentos bons, mas principalmente aqueles mais complicados, como não saber porque o bebê está chorando, o cansaço ocasionado pelas noites mal dormidas ou simplesmente fale sobre seus sentimentos. É muito comum nessa fase, que a mulher sinta que precisa fazer tudo e ser forte, é um sentimento natural, mas toda mãe pode contar com ajuda para levar esse período de adaptação com tranquilidade.

A nova mamãe deve criar uma rede de apoio que a auxilie e a ajude a manter uma certa normalidade em sua rotina, como poder tomar um banho um pouco mais demorado, se alimentar bem, tirar um cochilo e sair um pouco de casa. É natural que a mulher se isole um pouco nessa fase e se dedique ao bebê, mas é importante evitar que esse hábito se torne algo depressivo ou solitário demais.

 

Depois da quarentena…

 

Esse nome não é dos mais agradáveis, mas em muitas culturas, passar pelos primeiros dias do bebê é passar pela famosa quarentena, quando acontece um certo isolamento do casal para a fase de adaptação e o corpo da mulher se recupera do parto. Depois dos primeiros 40 dias a mamãe pode se sentir um pouco perdida para retomar a rotina e suas atividades. O melhor conselho é: estabeleça objetivos!

 

Mulheres fazendo yoga

Comece aos poucos, volte a fazer alguma atividade que te proporcione bem-estar, como ler, fazer uma caminhada, ouvir música, praticar yoga, enfim as possibilidades são infinitas, o importante aqui é que a mulher volte a se enxergar como indivíduo e crie momentos para si. Para criar motivação existem também cursos de recuperação pós-parto que oferecem uma rede de apoio e aplicam técnicas para as novas mamães voltarem a se integrar com suas atividades normais.

Entre os conflitos que também acontecem após os 40 dias é a retomada da prática de atividades sexuais. As mulheres podem aguardar a consulta de revisão pós-parto para voltar a namorar com mais segurança, porém o mais importante é que tudo seja feito no tempo certo, não precisa ter pressa. Nessa fase as mulheres podem ficar inseguras com as mudanças do corpo e alterações hormonais que também ocorrem com o puerpério, o importante é que tudo seja feito com calma e que a mulher possa aos poucos não se enxergar apenas como mãe, mas como indivíduo.

Atendimento Belly Home
Enviar via WhatsApp