Vérnix caseoso: Conheça seus benefícios

vérnix caseoso conheça seus benefícios

Vérnix caseoso é uma camada de aparência esbranquiçada, de textura pastosa, que fica grudada na pele do bebê

Muitas pessoas ainda não sabem o que é vérnix caseoso e como ele pode beneficiar o recém-nascido. Por conta de sua aparência esbranquiçada, de textura pastosa, que fica grudada na pele do bebê pode passar a ideia de “sujeira”. Porém, esta substância é essencial para a saúde do bebê. Além de trazer outras vantagens para a sua pele.

Por que o vérnix caseoso é tão importante nas primeiras 24 horas de vida do bebê

O recomendável é que o vérnix caseoso permaneça na pele do recém-nascido nas suas primeiras 24 horas de vida. Portanto, isso equivale também ao momento em que deve ser dado o primeiro banho do bebê.

Como ele é formado?

O vérnix é constituído ainda na placenta até o terceiro trimestre da gestação, por meio das glândulas sebáceas do feto. Além disso, ele facilita a passagem do bebê pelo canal vaginal na hora do parto.

Contudo, sua presença ainda é essencial para a saúde da criança. Isso porque a substância formada de gordura e proteínas reduz o risco de infecções e bactérias que são transmitidas pelo líquido amniótico. E ainda permite que a pele do bebê amadureça.

Maior e menor quantidade de vérnix

Os bebês que nascem entre 36 e 39 semanas de gestação possuem mais chances de nascerem com maior quantidade de vérnix. Porém, os bebês prematuros ainda não produziram uma grande quantidade da substância, e costumam apresentar pouca ou até nenhuma presença de vérnix. Já os bebês que ultrapassam as 40 semanas de gestação também podem apresentar menor quantidade, pois ela se dilui no líquido amniótico. E conforme a gravidez avança, a substância se desprende da pele, sendo diluída.

Benefícios do vérnix caseoso

Ele proporciona ainda dentro do útero da mãe o fortalecimento da pele do feto. Com isso, o vérnix protege de infecções e bactérias que passam pelo líquido amniótico.

Após o nascimento, ele segue gerando benefícios, pois a pele do recém-nascido se encontra muito sensível nesta fase. Neste caso, a derme ainda não produz a quantidade de suor necessária para se tornar ácida.

Sendo assim, a substância ajuda a tornar a derme do bebê mais ácida, o que possibilita a passagem apenas de bactérias positivas para a saúde do bebê.

Outros benefícios para a pele da criança, são:

  • estabilização da temperatura do corpo em ambiente extrauterino;
  • regulação do pH da pele;
  • cicatrização de possíveis problemas durante o parto;
  • hidrata a pele, impedindo a perda de líquido;
  • reduz o risco de dermatites.

Não limpar o vérnix depois do parto

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a orientação é de que o primeiro banho do recém-nascido seja dado 24 horas depois do parto.

Durante esse período, o vérnix não necessita ser removido da pele da criança. Além disso, o ideal é apenas secá-la, sem esfregar ou remover a substância, que é absorvida pela pele espontaneamente.

Situações onde há remoção da película

Apenas em situações específicas que é recomendada a rápida remoção dessa substância:

  • se a mãe for HIV positiva;
  • se tiver uma infecção genital ou no líquido amniótico.

Caso contrário, a presença do vérnix é muito benéfica ao bebê.

Temperatura corporal

Outro benefício que o vérnix proporciona é manter a temperatura do corpo, mantendo o bebê aquecido.

O recém-nascido pode perder meio grau de temperatura a cada minuto. E a presença desse isolante térmico impede essa ação que pode prejudicar o bebê.

Hora do banho

Ao passar as primeiras 24 horas de vida do bebê, está permitido o banho. Porém, a higiene da pele dele precisa ser leve. O primeiro banho deve limpar, mas sem tentar remover o vérnix completamente.

Conclusão

Com todos esses benefícios, converse com os profissionais envolvidos no parto e verifique se seguem os protocolos recomendados quanto ao vérnix caseoso.

Foto: Reprodução/Site chelseadelanie.com

Atendimento Belly Home
Enviar via WhatsApp